top of page

Famílias missionárias da base da AMES em Casa Nova (BA) recebem momento de diversão e refrigério

As 16 famílias que atuam na base da Agência Missionária de Evangelização do Sertão (AMES) em Casa Nova, na Bahia, participaram de um momento de refrigério, recarregando as energias para mais um período de trabalho no campo. A região recebeu uma caravana da Assembleia de Deus Nova Vida (ADNV), do estado do Espírito Santo, que levou serviços muito especiais que encheram os corações dos missionários de alegria.

As mulheres receberam dia de beleza com hidratação e escova no cabelo, limpeza de pele, massoterapia e serenata com faixas contendo mensagens de honra e amor. Além disso, as famílias receberam cestas de chocolate e doces, e cestas de alimentos, kit de beleza e higiene.

Os cuidados com a saúde também fizeram parte da caravana: algumas famílias que tinham demandas foram contempladas com exames e consultas médicas.

No sábado, dia 27 de maio, o grupo que atua no campo missionário participou de um dia de comunhão e confraternização com as 16 famílias, reunindo mais de 60 pessoas. Já no domingo, dia 28, foi o "dia da alegria" para os filhos dos missionários, que aproveitaram momentos em um parque de diversões e numa pizzaria em Petrolina (PE).

“Eduardo Vieira, pastor presidente do ministério ADNV, sempre priorizou não só o envio e o sustento, mas também o cuidado integral dos missionários. Foi diante desse sentimento que, no final do ano de 2022, percebeu a necessidade de ampliar ainda mais esse cuidado e honra com os obreiros que estão atuando no Sertão”, detalha Júlio Vinicius, co-pastor da ADNV Itapoã.

No final de janeiro de 2023, começou a organização da caravana com o propósito de dedicar todo o esforço apenas para o cuidado missionário. Antes da viagem, foram quatro meses de oração, busca por profissionais, organização e direcionamento de Deus. Durante a caravana, foram sete dias de atuação no campo com pastores, profissionais da saúde e beleza à inteira disposição das famílias missionárias no Sertão.

Comments


bottom of page