Blog

Visita ao Sertao - Isis
1

#FuiAoSertão: saiba como foi o trabalho de Evangelização da missionária Isis, em Casa Nova, na BA

Acompanhe o testemunho da missionária Isis da Rocha Nunes, de 33 anos, professora de geografia, da Igreja Batista Continental, em Serra (ES). Ela viajou com mais 44 outros membros até Casa Nova, na Bahia. Na região, participaram de ações, como aferição de pressão arterial e glicose, corte de cabelo, recreação infantil, visitas nos lares e cultos. Muito além da ajuda, a Caravana Missionária levou esperança e renovação aos locais mais remotos no Sertão nordestino.

A oportunidade de compartilhar a fé

Visita ao Sertao - Isis (2)

Visita ao Sertão – Isis

Caravana Missionária da Igreja Batista Continental seguindo para o sertão da Bahia

A Caravana saiu de Serra – ES e ocorreu entre os dias 10 e 19 de janeiro. Foram aproximadamente 30 horas de viagem entre os estados do Espírito Santo e Bahia, no entanto, não há distância que desanimasse o grupo de levar as boas novas. O trabalho missionário durou sete dias. O trajeto incluiu a base da AMES em Casa Nova e, também, comunidades na região: Recreio, Belmonte, Poço das Pedras, Riachinho e Entroncamento. Por onde passou, a Caravana Missionária realizou diversas atividades: aferição de pressão arterial e glicose, corte de cabelo, recreação infantil — com pula-pula, pipoca, algodão-doce e pintura de rosto — instalação de placas de identificação das comunidades, visitas nos lares e cultos. Muito além da ajuda material, as incontáveis conversões presenciadas nas comunidades fizeram da missão uma experiência imensurável.

Diversas doações foram feitas. No bazar solidário, foram disponibilizadas roupas para a população das comunidades, além de 400 kits escolares, fraldas e brinquedos. Também foram entregues cestas básicas às famílias mais necessitadas.

Conhecendo outras realidades

Impressionada com tudo que viu e sentiu, a missionária Isis conta como é se deparar com a realidade de pessoas que vivem com poucos recursos, mas nunca perdem a esperança.

“O que mais me impactou foi observar as dificuldades dos sertanejos: terra seca, pedregosa, pouco acesso à água, distante de tudo. E, mesmo assim, ver um povo alegre, receptivo, sedento do Evangelho e que abre as portas com prazer para qualquer um que chegar. Uma realidade que dói, mas que ensina e te motiva a prosseguir. Cooperar para a mudança nessa região é um privilégio. Acredito que a água viva que é Jesus, chegou sobre essa terra.” disse Isis.

Conhecer e ajudar famílias sertanejas, levar as boas novas do Evangelho e não medir esforços para isso, essa é a missão que nos orgulha em ser AMES.

Caravanas Missionárias: saiba como participar!

Você também pode fazer parte das Caravanas Missionárias. Os projetos missionários da AMES têm levado esperança e grandes mudanças na história dos sertanejos. Tenha a oportunidade de participar e oferecer apoio àqueles que precisam.

Clique aqui e saiba como levar esperança aos necessitam!

Confira também outras missões da AMES:

Depoimento de Jhonata Barbosa, da Escola de Missões – AMES

Escola de Missões: conheça o projeto da AMES!

Batismo no Sertão: veja depoimentos e galeria de fotos

Experiência de Edgar no Sertão
0

#FuiAoSertão: saiba como foi a experiência da Igreja Presbiteriana em Piatã

Levar palavras de cura e unção, abraços, consolo e sorrisos a quem mais necessita, assim como Jesus ensinou, são objetivos das Caravanas Missionárias. Geralmente, os que se dispõem a conhecer o Sertão relatam que voltam transformados! E foi exatamente isso que aconteceu com a Igreja Presbiteriana Memorial em Piatã, na Bahia. Continue lendo e saiba mais sobre a experiência vivida sob a lente de Edgar Garcia, 31 anos.

Sobre a Caravana

Em janeiro deste ano, a região de Piatã foi contemplada com a Caravana Missionária realizada pela AMES, em parceria com a Presbiteriana Memorial,  de Serra (ES). Essa foi a primeira vez dos jovens dessa amada igreja em nosso Sertão!

A visita durou uma semana e, no total, 6 comunidades foram contempladas com as ações. Ministrações da Palavra, gincanas, ações sociais, como atendimento médico e odontológico foram algumas das atividades realizadas ao longo dos dias.

Jesus: convidado de honra desta Caravana!

Edgar nos contou que tinha a expectativa de encontrar muita pobreza em todos os sentidos, tanto financeiro quanto espiritual. E seguiu com uma certeza em seu coração: a de que o Espírito Santo faria coisas grandes. Quando chegou em Piatã, ficou tocado ao ver o poder do Evangelho na vida dos sertanejos.

“A AMES tem levado a esperança. Uma vez que o Evangelho chega em um lugar, tudo muda. Os medos, o vício e, principalmente, o ócio vão embora, dando espaço à alegria, à liberdade e, principalmente, a Cristo, o convidado de honra. Levamos a Palavra de uma forma doce e pudemos sentir a real presença de Deus naquele lugar. Prova disso foi a visita que fizemos a uma família bastante solidária que nos recebeu – todos aceitaram a Jesus. Foi lindo”, disse Edgar.

Outro marco dessa caravana: ao final, 27 vidas aceitaram Jesus como único Salvador!

Caravanas Missionárias: saiba como participar!

Que tal se desafiar a organizar uma visita ao Sertão com seus amigos e igreja em 2020, assim como o Edgar? Seja parte de uma geração que pode transformar sua própria geografia, cumprindo o Ide que nosso Pai nos ordenou. Você terá a oportunidade de participar de ações sociais e oferecer auxílio em outras áreas, como atividades com crianças e jovens, doação de cestas básicas, material de higiene pessoal, kit escolar, brinquedos, fraldas geriátricas, roupas e sapatos.

Se quiser fazer parte desta experiência, clique aqui e saiba como dar os próximos passos!

 

Adriana em uma das missões no sertão
0

#FuiAoSertão: conheça a experiência renovadora de Adriana Bazon ao sertão da Bahia

Assim como o infinito amor do Pai, não existem limites quando o assunto é fazer o bem e levar a Palavra de Deus, seja onde for. Prova disso, é a experiência vivida por Adriana Bazon, 46 anos, que mora em Vila Velha (ES) e faz parte da Igreja Batista Graça e Paz. Acompanhada de outros membros da Caravana Missionária, ela visitou as comunidades rurais de Miguel Calmon, na Bahia. Confira neste post a experiência de avivamento.

A missão

Durante 7 dias, Adriana e outros missionários da igreja viveram de perto a realidade de pessoas que não têm tantas oportunidades e precisam de ajuda, seja material ou espiritual. No decorrer da missão, diversas ações em prol das comunidades foram feitas: cultos ao ar livre, flash mob de dança, apresentação de bailarinas, além de cursos, como o de crochê em malha.

“Tive uma experiência muito linda com o lava-pés, que foi o culto preparado para as mulheres, princesas da comunidade. Nosso desejo era levar alguns sapatos novos, mas nós não tínhamos esse recurso, e nós ganhamos esses sapatos, de um empresário do Sul do Estado e que não sabia do nosso propósito. Pudemos calçar os pés daquelas mulheres com sapatos novos e profetizar sobre elas um novo caminhar. Isso foi um marco na minha vida. Ser um instrumento e ver pessoas sendo curadas de dentro para fora na sua identidade, como filha amada”. conta Adriana.

Outra ação foi a entrega de duas salas para o ensino do Evangelho para 60 crianças, que anteriormente contavam apenas com um pequeno espaço.

Uma experiência de avivamento

Diversos jovens foram batizados em meio sertão

Diversos jovens foram batizados em meio sertão

Com grande emoção, Adriana tentou expressar em palavras a felicidade de ter participado pela segunda vez da experiência de ir ao sertão em missão pela igreja.

“Algumas coisas me marcaram bastante nessa caravana, como a conversão da minha filha de 8 anos, que entregou a vida para Jesus. Também os batismos que nós tivemos ali. Alguns jovens que estavam conosco, sentiram vontade de serem batizados no sertão. Tudo foi um privilégio, uma honra indescritível. É experimentar o avivamento, é ser renovado, é cumprir o ide, é levar esperança, é muito mais que doar mantimentos ou roupas. É realmente levar o amor de Deus em atitudes.” disse a missionária.

Conhecer pessoas, aprender com elas, viver a riqueza da simplicidade e ser instrumento, levando o amor para todas as partes, essa é a missão que nos orgulha em ser AMES.

Caravanas Missionárias: saiba como participar!

Você também pode fazer parte das Caravanas Missionárias. Junte-se ao grupo que leva esperança, amor e renovação às comunidades mais remotas no nordeste brasileiro. Tenha a oportunidade de participar de ações sociais e oferecer apoio àqueles que precisam.

Clique aqui e saiba como levar esperança aos necessitam!

1

Metas para 2020: ajude-nos a alcançá-las!

O início de um novo ano é um período de reflexão: nesta época, muitas pessoas já começam a pensar nas “promessas” e objetivos para o ano que está por vir. Neste post, você conhecerá três metas para 2020 da AMES para o Sertão. Continue lendo!

Alcançar mais sertanejos

As ações da AMES no Sertão estão focadas em levar o amor e a Palavra de Cristo ao povo sertanejo, por meio de evangelismo de porta em porta, realizações de cultos em locais abertos, construção de igrejas, mobilização de pessoas e cristãos para conhecer e atuar no semiárido nordestino. Em 2020, nossa meta é alcançar mais famílias sertanejas por meio do trabalho missionário, que impacta e transforma centenas de vidas nesta região tão carente.

Mobilizar mais parceiros

Neste novo ano, também temos a meta de mobilizar mais igrejas para serem parceiras de nosso trabalho no Sertão. Dessa forma, podemos enviar mais Caravanas Missionárias e, consequentemente, alcançar mais povoados e famílias sertanejas com o Evangelho.

Construir mais igrejas

Para continuarmos a levar o amor de Deus para o povo sertanejo, temos a meta de ampliar nosso projeto de Construção de Igrejas. Em média, esses novos templos comportam cerca de 120 a 150 pessoas, e são locais agradáveis para que o povo de Deus possa realizar cultos e se reunirem em ocasiões especiais, como casamentos. Ao todo, já temos mais de 30 igrejas construídas em comunidades do Sertão.

Conheça a AMES!

Você sabia que pode colaborar para que a AMES alcance estas metas para 2020 e muitas outras vitórias? Conheça nossos projetos e saiba como ajudar a AMES a continuar levando o amor de Cristo para o povo sertanejo!

1

Retrospectiva 2019: um ano de muitas bençãos no Sertão!

O ano de 2019 foi de muitas vitórias no Sertão: conseguimos levar a Palavra de Deus para o povo sertanejo de diversas comunidades rurais espalhadas pelo semiárido nordestino. Neste post, você conhecerá algumas bençãos alcançadas pela AMES neste ano. Confira:

Evangelização no Sertão

As Caravanas Missionárias levaram o amor de Deus e muito carinho para o povo sertanejo neste ano. Em janeiro, cerca de 900 pessoas chegaram às comunidades com intuito de pregar o evangelho. Além do testemunho, os participantes ainda levaram ajuda em várias áreas aos sertanejos, como doação de cestas básicas, material de higiene pessoal, kit escolar, brinquedos, roupas, calçadas e fraldas geriátricas.

Em julho, outras 9 caravanas desembarcaram em diferentes localidades do Sertão para levar o amor e a Palavra de Deus para o povo sertanejo.

Construção de Igrejas

Com objetivo de continuar a levar a Palavra de Deus para mais sertanejos, a AMES construiu seis novas igrejas no Sertão. Agora, já são 31 localidades que contam com um templo para cultuar a Deus e se reunir em datas especiais, como casamentos e comemorações diversas.

Doações

Em 2019, arrecadamos várias toneladas de alimentos que foram distribuídos em comunidades carentes do Sertão. Centenas de brinquedos e peças de roupas também foram doados, além de 2100 chuteiras para as crianças.

Conheça a AMES!

O ano foi de muitas bençãos, mas queremos muito mais em 2020! Conheça nossos projetos e saiba como ajudar a AMES a continuar levando o amor de Cristo para o Sertão nordestino!

1

Por que ficamos mais solidários no fim do ano?

As cores, luzes e enfeites típicos deste período de fim de ano trazem muito mais que o clima de Natal: elas despertam no coração das pessoas a solidariedade e a preocupação com o próximo. Confraternizar com amigos e família e presentear a quem se ama são gestos comuns deste período. Mas, você sabia que pode fazer muito mais? A AMES explica como!

Solidariedade no fim de ano

“E, respondendo ele, disse-lhes: Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos, faça da mesma maneira.” (Lucas 3:11).

Em várias passagens da Bíblia, fala-se sobre a importância da solidariedade e da ajuda ao próximo. Com a proximidade do final de ano, ficamos mais propensos a fazer algo de bom pelos nossos irmãos. Claro que não devemos limitar boas ações ao fim do ano, mas, muitas vezes, essa é uma excelente oportunidade para fazer a diferença na vida de alguém!

Então, como ajudar?

Existem várias formas de ajudar o próximo. Selecionamos três maneiras de nos ajudar a transformar a vida do povo sertanejo:

1- Orações: o Sertão brasileiro enfrenta diversas dificuldades, entre elas a extrema pobreza e o acesso à água e serviços de saneamento. A sua oração pode ajudar a trazer paz, tranquilidade e segurança aos corações dos sertanejos, além de colaborar para a mudança dessa realidade. Clique aqui e veja alguns motivos para orar pelo Sertão!

2- Missões: o trabalho missionário tem o objetivo de impactar e transformar a vida do povo sertanejo por meio de cultos e visitas a casas no interior da Bahia, Piauí e Pernambuco. Também temos as Caravanas Missionárias que levam o amor de Deus para o povo sertanejo, além de atuarem com ações sociais, como doação de cestas básicas, kits escolares, brinquedos, fraldas geriátricas e roupas e sapatos infantis e adultos.

3- Colabore: agora, se você ainda não tem disponibilidade para participar de missões no Sertão, que tal contribuir financeiramente para gerar oportunidades para que os sertanejos tenham a oportunidade de conhecer a palavra de Deus? As doações são de extrema importância para termos a estrutura necessária e colocarmos em prática nossos planos de impactar o Sertão! Conheça nossos projetos e saiba como ajudar a AMES a continuar levando o amor de Cristo para o povo sertanejo.

3

Ore pelas chuvas no Sertão!

A terra seca do Nordeste brasileiro está sedenta: além de ser um dos locais menos evangelizados do país, o Sertão passa por uma enorme dificuldade no acesso à água, elemento fundamental para a vida! Conheça mais sobre os desafios enfrentados no Sertão e como você pode ajudar a mudar essa realidade!

Precariedade do Sertão

O Sertão conta com um dos piores índices do IDH brasileiro: uma média de 0,550 e com renda per capta abaixo de ¼ do salário mínimo. Em muitas localidades, as famílias vivem abaixo da linha da pobreza. Além disso, o povo sertanejo vive a pior crise hídrica dos últimos 70 anos e, como não possuem água tratada, grande parte das comunidades consome a da chuva.

A escassez de água é mais um dos desafios enfrentados pelos missionários que atuam no Sertão, já que a parte mais afetada pela falta de chuvas é o chamado Polígono das Secas, uma área de mais de 1 milhão de quilômetros nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Como ajudar o Sertão?

O povo sertanejo passa por muitas dificuldades, entre elas o acesso à água. No entanto, apesar de ser uma realidade bem diferente da nossa, ajudar é mais fácil do que você pensa! As orações de fé levam esperança, paz e segurança, transformando vidas no Sertão. Por isso, a AMES te convida a colocar os sertanejos em suas orações, pedindo ao Senhor que leve mais chuvas para a região semiárida do país. Contamos com a sua oração!

“Assim sabemos que Ele nos ouve quando lhe pedimos alguma coisa. E, como sabemos que isso é verdade, sabemos também que Ele nos dá o que lhe pedimos.” (1 João 5.15)

Conheça a AMES!

Conheça nossos projetos e saiba como ajudar a AMES a continuar levando o amor de Cristo para o povo sertanejo!

3

Mês do Nordestino: povo de fé!

Considerado um dos maiores traços da identidade do Brasil, o povo nordestino é um grande tesouro da cultura nacional. O mês de outubro é dedicado especialmente à esses grandes guerreiros que, apesar de todas as dificuldades, encaram a vida com muita fé e esperança! Confira a homenagem da AMES!

Sertanejo: povo que ama sua terra e sua cultura!

O Sertão Nordestino abrange os estados da Bahia, Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Sergipe, Piauí, Rio Grande do Norte e Ceará. A região, conhecida por ser seca e árida, sofre com problemas como a estiagem. No entanto, apesar de todas as dificuldades enfrentadas, o povo sertanejo é forte, guerreiro, humilde e muito alegre.

Para homenageá-los, a AMES convidou o pastor Marcelo Fregnani, que atua com Cuidado Missionário há mais de 27 anos ao lado de sua esposa Denise Fregnani, para prestar um depoimento super especial sobre o povo sertanejo. Confira abaixo:

“Eu sempre digo que o melhor do Sertão são os sertanejos. Pessoas simples, que vivem com pouco, mas são felizes. Amam sua terra, sua cultura e seu povo. São trabalhadores e, apesar da falta de chuva, estão sempre otimistas. Têm uma fé forte em Deus, crendo sempre no milagre que virá das mãos do Criador. Além disso, são pessoas fáceis de criar relacionamentos, e se tornam amigos verdadeiros. São hospitaleiros, gostam de receber pessoas em suas casas e contam com uma marca muito linda: a generosidade. Dividem o pouco que têm com os mais necessitados, demonstrando assim o verdadeiro amor incondicional. Temos aprendido muito com este povo lindo, de uma região do Brasil pouco conhecida pelos brasileiros: o Sertão nordestino rural”.

Conheça a AMES!

Muito mais do que celebrar, o Mês do Nordestino deve ser um tempo para refletirmos e pensarmos em como podemos ajudar a evangelização no sertão. Conheça nossos projetos e saiba como ajudar a AMES a continuar levando o amor de Cristo para o povo sertanejo!

3

Dia do Professor: veja o depoimento de Jhonata Barbosa, da Escola de Missões

Dedicação, sabedoria e persistência: essas palavras definem o trabalho de um professor, o profissional que dedica sua vida para ensinar e cuidar de seus alunos. Neste dia 15 de outubro, quando é comemorado o Dia do Professor, a AMES conversou com Jhonata Barbosa, que é professor e ao lado de sua esposa Sara de Sousa Santos Barbosa, coordena a Escola de Missões. Confira o depoimento:

“A Escola de Missões desempenha um papel muito importante no Sertão. Os alunos vêm para um contexto diferente, conhecem outras bases e outros homens e mulheres de Deus. Assim, eles acabam aprendendo um pouco em cada base, conhecendo a multiforme de Deus. Eu costumo falar com os alunos que quanto mais eles estudarem e se aprofundarem, eles estarão mais preparados para ser uma resposta de Deus para o povo sertanejo. A Escola de Missões cumpre o propósito de instruir, acompanhar e apontar o caminho para que, cada vez mais, os alunos possam servir o Senhor da melhor forma. Neste ano, está acontecendo a quarta edição da Escola de Missões. Ao todo, são 32 alunos de várias regiões do Nordeste brasileiro. Esses alunos são frutos do trabalho de pregação do Evangelho em várias cidades da Bahia, Piauí e Pernambuco. A ideia é capacitar esses irmãos, que já são uma benção em suas cidades, formando esses alunos para que eles possam cada vez mais gerar frutos em suas regiões. Uma coisa que sempre ouvimos dos alunos é sobre o conhecimento que eles estão tendo no projeto. Eles sempre costumam dizer que estão ansiosos para voltar para suas cidades e colocar tudo que aprenderam em prática. Isso é muito gratificante”.

Escola de Missões: selecionamos mais fotos do projeto!

Conheça a AMES!

Clique aqui e conheça mais sobre a Escola de Missões. Conheça também nossos projetos e saiba como ajudar a AMES a continuar levando o Evangelho para o povo sertanejo!

5

Escolas De Missões: conheça o projeto da AMES!

Capacitar sertanejos para os desafios da evangelização: esse é o objetivo da Escola de Missões, um projeto da AMES que promove aulas teóricas e práticas para apoiar e desenvolver o trabalho missionário em meio ao povo sertanejo. Continue lendo e conheça mais sobre este lindo projeto!

Como funciona a Escola de Missões?

Com professores dedicados à causa missionária e com competência e didática para compartilhar os seus conhecimentos e experiências, a Escola de Missões visa formar novos missionários para evangelização no Sertão. Pastores e missionários identificam sertanejos que têm vocação para a causa e os indicam para participar do projeto. Durante o projeto, são ministradas aulas teóricas sobre assuntos teológicos; e aulas práticas em apoio ao trabalho missionário em desenvolvimento e na utilização de projetos sociais como meio de evangelização.

A Escola de Missões está situada em Casa Nova, na Bahia, e conta com uma estrutura onde os alunos podem contar com alojamento, alimentação, internet, material didático, transporte local e material de limpeza. Entre os objetivos estão adaptar o novo evangelizador antes de sua ida ao campo e padronizar o trabalho missionário.

Conheça a AMES!

Conheça nossos projetos e saiba como ajudar a AMES a continuar levando o amor de Cristo para o povo sertanejo!