Fui ao Sertão: saiba como foi o trabalho de Evangelização da missionária Isis

Visita ao Sertao - Isis 1

Acompanhe o testemunho da missionária Isis da Rocha Nunes, de 33 anos, professora de geografia, da Igreja Batista Continental, em Serra (ES). Ela viajou com mais 44 outros membros até Casa Nova, na Bahia. Na região, participaram de ações, como aferição de pressão arterial e glicose, corte de cabelo, recreação infantil, visitas nos lares e cultos. Muito além da ajuda, a Caravana Missionária levou esperança e renovação aos locais mais remotos no Sertão nordestino.

A oportunidade de compartilhar a fé

Visita ao Sertao - Isis (2)

Visita ao Sertão – Isis

Caravana Missionária da Igreja Batista Continental seguindo para o sertão da Bahia

A Caravana saiu de Serra – ES e ocorreu entre os dias 10 e 19 de janeiro. Foram aproximadamente 30 horas de viagem entre os estados do Espírito Santo e Bahia, no entanto, não há distância que desanimasse o grupo de levar as boas novas. O trabalho missionário durou sete dias. O trajeto incluiu a base da AMES em Casa Nova e, também, comunidades na região: Recreio, Belmonte, Poço das Pedras, Riachinho e Entroncamento. Por onde passou, a Caravana Missionária realizou diversas atividades: aferição de pressão arterial e glicose, corte de cabelo, recreação infantil — com pula-pula, pipoca, algodão-doce e pintura de rosto — instalação de placas de identificação das comunidades, visitas nos lares e cultos. Muito além da ajuda material, as incontáveis conversões presenciadas nas comunidades fizeram da missão uma experiência imensurável.

Diversas doações foram feitas. No bazar solidário, foram disponibilizadas roupas para a população das comunidades, além de 400 kits escolares, fraldas e brinquedos. Também foram entregues cestas básicas às famílias mais necessitadas.

Conhecendo outras realidades

Impressionada com tudo que viu e sentiu, a missionária Isis conta como é se deparar com a realidade de pessoas que vivem com poucos recursos, mas nunca perdem a esperança.

“O que mais me impactou foi observar as dificuldades dos sertanejos: terra seca, pedregosa, pouco acesso à água, distante de tudo. E, mesmo assim, ver um povo alegre, receptivo, sedento do Evangelho e que abre as portas com prazer para qualquer um que chegar. Uma realidade que dói, mas que ensina e te motiva a prosseguir. Cooperar para a mudança nessa região é um privilégio. Acredito que a água viva que é Jesus, chegou sobre essa terra.” disse Isis.

Conhecer e ajudar famílias sertanejas, levar as boas novas do Evangelho e não medir esforços para isso, essa é a missão que nos orgulha em ser AMES.

Caravanas Missionárias: saiba como participar!

Você também pode fazer parte das Caravanas Missionárias. Os projetos missionários da AMES têm levado esperança e grandes mudanças na história dos sertanejos. Tenha a oportunidade de participar e oferecer apoio àqueles que precisam.

Clique aqui e saiba como levar esperança aos necessitam!

Confira também outras missões da AMES:

Depoimento de Jhonata Barbosa, da Escola de Missões – AMES

Escola de Missões: conheça o projeto da AMES!

Batismo no Sertão: veja depoimentos e galeria de fotos