Sertão: conheça as cidades visitadas pela AMES - Blog AMES

0

O sertão é o foco do trabalho missionário da AMES. A meta é disseminar o Evangelho nas comunidades rurais nordestinas e fazer com que mais sertanejos recebam a Palavra de Deus. Essa parte do nosso trabalho missionário você já entende, mas conhece as cidades pelas quais nós passamos? Continue lendo e descubra um pouco mais sobre os locais visitados pelo trabalho missionário da AMES. Veja!

Acauã: local de formação do trabalho missionário

Localizado no sertão de Piauí, Acauã foi o cenário de formação da primeira turma da Escola de Missões. O município possui cerca de 6.700 habitantes e área de quase 2.000m². Inicialmente, Acauã era considerada como vila no sertão do município de Paulistana, sendo emancipada apenas em 1997.

Uma curiosidade sobre a cidade diz respeito ao seu nome. Isso porque, Acauã é a forma como um tipo de falcão é chamado. Acredita-se que o município foi nomeado desta maneira por conta do canto dos animais, que surpreendia os primeiros moradores a cada manhã.

Bom Jesus da Lapa e a carência pelo trabalho missionário

Assim como Acauã, Bom Jesus da Lapa foi emancipada há pouco tempo. A cidade do sertão baiano era classificada como vila e, em 1923, passou a ser reconhecida como um município.  Além disso, por estar situada em no sertão semiárido, a cidade de Bom Jesus da Lapa passa por um período de seca que dura entre sete e oito meses.

O município é um exemplo das localidades sertanejas que carecem do Evangelho em suas vidas e é por isso que foi escolhido como um dos locais do trabalho missionário da AMES.

Marruá: símbolo da vitória do trabalho missionário

Marruá fica localizada no sertão de Juazeiro e é símbolo de uma das nossa vitórias no trabalho missionário. A cada semana, cerca de 200 sertanejos recebem o Evangelho com a ajuda dos nossos missionários. Além disso, foi construída na região uma igreja onde a Palavra de Deus poderá ser pregada para mais pessoas no sertão baiano.

As três localidades são exemplos das regiões que recebem nosso trabalho missionário. No entanto, o sertão é vasto e aglomera mais de 6000 comunidades sertanejas que ainda não conhecem o Evangelho. Ajude-nos com sua oração e doação!