Equipe

Para a realização de nossos projetos, contamos com grandes parceiros, como a Junta de Missões Nacionais da Igreja Batista, Igreja Apostólica Peniel, Igreja Assembleia de Deus Ministério Bela Aurora, Igreja Assembleia de Deus Ministério Perus, Igreja Getsmani, Igreja Batista América, Igreja Videira, Igreja Cristã Filadélfia, Igreja Cruzada Cristã e Igreja Batista Praia da Costa.

Famílias missionárias estão conosco hoje, participando de nossa agência, propagando o nome de Jesus aos quatro cantos da Bahia e em regiões de Pernambuco.

Confira depoimentos de algumas pessoas que dão vida aos nossos projetos!

“Quando a AMES chegou ao sertão, eu, assim como outros pastores e missionários, temos sido instrumentos de Deus nas vidas de muitas pessoas na região de Paratinga e Bom Jesus da Lapa. Com obras sociais e com o apoio espiritual que fornecemos a diversas famílias, temos tido a oportunidade de presenciar como Deus tem agido de forma poderosa. Ele é um Deus que surpreende e creio que coisas ainda maiores fará. Por meio do Culto Rosa, temos presenciado vidas sendo tiradas da escuridão da depressão e da tristeza, dando lugar a um riso novo. Por meio dos encontros nos cultos em comunidades, além de vidas sendo ganhas para Jesus, pais de família têm saído do mundo do alcoolismo e dando espaço para a esperança de um futuro com mais dignidade. Tudo isso tem sido possível, porque o Altíssimo tem nos capacitado.”

Pr. Eder Pereira Bernardino, 36 anos, Paratinga/BA

“Louvo a Deus pela criação da AMES. É por meio dessa associação que Deus tem nos usado para conseguir chegar a lugares inimagináveis, em que a pobreza é algo normal. Decretamos ao iniciar os projetos que essa realidade pode ser transformada pelo poder do nome do Senhor. Queremos arraigar a terra seca do sertão com a fonte de água viva que é palavra de Deus. Vamos a lugarejos que estão esquecidos por muitos e que Espírito Santo tem nos conduzido a levar as boas-novas da palavra de Cristo, porque sabemos que não há nenhum lugar do mundo esquecido aos olhos daquele que cuida de nós. O ‘Ide e pregai o evangelho’ faz parte do meu DNA. Vamos avançar, vamos vencer e contamos com mais voluntários – pessoas que entendem a importância de obedecer esse decreto.”

Pr. Ralison Costa, 36 anos, Bom Jesus da Lapa/BA

“Ser missionário é entender que sua vida é um instrumento de Deus na terra. E foi embaixo dessa cobertura espiritual dos céus, que eu e minha casa, decidimos alcançar vidas para o Reino no sertão brasileiro. Queremos ser canais de bênçãos sem medidas na vida deste povo, que anseia pela presença de um Deus vivo e misericordioso. Já temos visto as coisas lindas que o Pai tem nos permitido fazer e os resultados que elas têm gerado. Acredito muito que o amor de Deus é transformador e essa é uma verdade que tem se concretizado na vida de muitas famílias as quais temos evangelizado. Quero poder continuar participando desse projeto que nos permite ser sal e luz.”

Pr. Plínio Fabrício Santos, Miguel Calmon/BA

“A chama pelo amor Deus é algo que queima em meu coração e é real nas vidas de diversos jovens, que trabalham junto a mim no Projeto Urbano e Papis, uma companhia formada por mais 110 pessoas, literalmente, loucas por Jesus. Existia um chamado para desbravarmos o sertão, levando a glória de Cristo para um avivamento naquela região. A falta de recursos no início desse desejo foi o combustível para aquecermos nossos braços e pernas para lutar. Um grupo de mais de 40 pessoas levou consigo o desejo ardente de fazer missões naquela terra. Em meio aos sertanejos, contribuímos com o nosso melhor, no voluntariado e na causa missionária. Levamos o amor de Cristo, que é algo que jamais poderá ser tirado deles.”

Rafael Rodrigues, 22 anos, colaborador do projeto missionário Urbano e Papis

“Estamos iniciando os trabalhos na região de Paratinga e pudemos identificar dois pontos a serem trabalhados socialmente: a falta de empregos e os altos índices de alcoolismo e drogas. Por isso, queremos realizar projetos com geração de renda como cooperativas, pequenas fábricas de artesanato, hortas comunitárias, além de centros de recuperação para dependentes químicos e alcoólicos. Queremos ver uma grande transformação espiritual, social e econômica no sertão de Paratinga.”

Missionário Filipe Chagas, 25 anos, Paratinga/BA

“Eu e minha família decidimos ajudar nossos irmãos do sertão, porque entendemos o chamado que Deus nos deu. Ver a mudança de quem tem sede de um Deus vivo, por meio da Palavra, é algo que emociona e nos impulsiona a continuar dia após dia. O nome de Jesus tem sido glorificado por meio das ações de missionários, que também partilham do propósito do Senhor para o nosso nordeste!”

 

Pr. Danielso dos Santos Passos de Jesus, Juazeiro/BA