Janeiro 2019 - AMES

0

Missões: por que contribuir?

“E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”. Esse versículo da Bíblia, encontrado em Marcos 16:15, explica a motivação da Agência Missionária do Sertão (Ames): levar a palavra de Deus e transformar a vida de milhares de sertanejos que vivem no Sertão nordestino.

Contamos com auxílio de vários missionários, pastores e voluntários. E, para continuar com este trabalho, também precisamos de você. Continue lendo, saiba por que contribuir e como ajudar a AMES a mudar vidas por meio do amor de Deus!

Trabalho missionário

Escolhemos impactar, transformar vidas e participar do avivamento por meio do Evangelho no Sertão nordestino. Diariamente, nossos missionários, pastores e missionários realizam cultos e visitas a casas nos povoados do interior da Bahia, Piauí e Pernambuco. Só no último ano, mais de 900 pessoas participaram de caravanas missionárias e espalharam o amor de Deus para os sertanejos. Também construímos mais seis igrejas nos povoados de Umburanas, Caturama, Ourolândia e Mirangaba.

Importância da doação

Em 2019, a AMES quer continuar gerando oportunidades para que os sertanejos tenham a oportunidade de conhecer as boas novas de Jesus. Para continuar com este trabalho, precisamos de sua ajuda: as doações são recursos importantes para termos a estrutura necessária e colocarmos em prática nossos planos visando obedecer ao Ide no Sertão.

Faça parte destas conquistas e ajude a mudar a vida de milhares de sertanejos por meio da Palavra de Deus! Você pode nos ajudar com orações, sendo um voluntário ou contribuindo para que a AMES continue com a obra missionária nas comunidades rurais do Sertão brasileiro. Clique aqui e faça a sua doação!

2

Cuidado missionário: amor a Deus e ao próximo

Cuidar daqueles que cuidam: esse é o trabalho de Levi Custódio Liberato e Suely Regina Frata Liberato no Sertão. O casal de pastores, que atua há dois anos no Cuidado Missionário da AMES, circula pelos povoados dando apoio a pastores e obreiros que atuam no campo de missões. Saiba melhor como funciona esse lindo trabalho!

O cuidado missionário é essencial para dar apoio aos pastores e obreiros que levam a Palavra de Deus pelo Sertão e identificar as necessidades de cada um. Ele acontece por meio de visitas às igrejas, visitas individuais e reuniões em grupo com os missionários.

“Nós ouvimos as necessidade e atuamos com orientações, aconselhamentos e assistência aos pastores e obreiros. É uma forma de supervisionar o trabalho missionário, verificar se ele está gerando bons frutos e solucionar possíveis problemas. Além desse apoio individual, também percebemos o que pode ser melhorado de uma forma geral no trabalho em cada povoado”, explica Levi.

Apoio e supervisão

Essas palavras definem o trabalho de Levi e Suely pelo Sertão. Aqueles que já passaram pelo Cuidado Missionário com o casal são gratos pelos ensinamentos. “Esse trabalho nos ajuda a passar pelas dificuldades e obstáculos, e seguir em frente. O aconselhamento é muito importante para fortalecer o nosso trabalho missionário, e também a nossa vida pessoal”, ressalta o missionário Lucas Bispo.

Conheça a AMES

O objetivo da AMES é continuar levando a palavra e o amor de Deus para esse povo tão carente. Clique aqui para conhecer mais sobre os nossos projetos. Seja voluntário e nos ajude a levar sorrisos para o Sertão!

1

Empenho e dedicação: o que é ser um missionário?

Transformar a vida do povo sertanejo por meio da palavra e do amor de Deus é uma das nossas principais missões. Para isso, contamos com uma importante ajuda de missionários de vários lugares do país. Mas você sabe o que significa ser um missionário? A AMES explica!

Muito mais do que evangelizar

Missionário não é só aquele que anuncia o Evangelho, mas também é aquele que vive cada um dos ensinamentos de Jesus e os transformam em atitudes de solidariedade. As palavras de um missionário devem ter o poder de reunir e entusiasmar desde uma única pessoa até uma multidão.

Missão no Sertão

Visitar comunidades rurais, organizar e realizar cultos em locais abertos são algumas das funções de um missionário no Sertão. Por lá, eles evangelizam e ajudam na construção de igrejas nas comunidades visitadas. Hoje, AMES conta com missionários em 26 municípios de três estados brasileiros: Bahia, Pernambuco e Piauí.

Quem pode ser um missionário?

“E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”. Como diz o versículo de Marcos 16:15, a missão é para aqueles que querem levar a palavra de Deus para outras pessoas.

Se você tem o desejo de ser um missionário, peça para a sua liderança pastoral entrar em contato com a nossa equipe: a AMES conta com um processo para que tenhamos colaboradores de nossa confiança atuando ao lado dos sertanejos.

Clique aqui e conheça mais sobre os nossos projetos!

2

Perfil Missionário: Bernardino e a obra de Deus em família

Transformar vidas por meio do amor de Deus: essa tarefa tem sido executada com muita dedicação por Bernardino Firmino da Silva, de 46 anos. O missionário atua na base de São Gabriel, na Bahia, ao lado da família: a esposa Maria da Paixão Silva e os filhos Lucas (clique aqui para ver o Perfil Missionário dele), de 26 anos; Miqueias, 25; Keyla, 21; e Micael, 19. Todos os filhos, segundo Bernardino, cresceram ouvindo a Palavra de Deus e, hoje, também levam o amor de Cristo pelo Sertão.

Natural de Lapão, também na Bahia, Bernardino faz trabalhos missionários há 15 anos. Em 2014, quando conheceu a AMES, passou a evangelizar nos povoados do interior da Bahia. “Foi automático, pois o trabalho missionário é um chamado de Deus. No começo, logo quando você entende o chamado, é um pouco difícil. Mas Ele vai nos ajudando e dando força para continuar esse trabalho lindo”, conta Bernardino.

Transformação do Sertão

O trabalho missionário no Sertão é cercado por algumas dificuldades, como o alcoolismo e o histórico de violência de alguns povoados. No entanto, com o trabalho de Evangelização, muitas cidades já apresentam melhorias. “Isso é o que nos move. Ver pessoas e povoados serem transformados por meio da palavra de Deus. É muito gratificante”, completa o missionário.

Entre as atividades desempenhadas por Bernadino no Sertão estão visitas de casa em casa nos povoados do interior de São Gabriel (BA), reuniões e cultos, aconselhamentos e formação de lideranças. Uma benção!

Conheça a AMES!

Nos ajude a continuar a levar o amor de Deus para o Sertão brasileiro. Conheça nossos projetos e seja voluntário! Além de Bernadino e seu filho Lucas Bispo, você pode saber mais sobre a trajetória de outros missionários aqui no blog da AMES: conheça as histórias de Pastor Carmelino, Filipe Chagas, Manoel Brás e Ediran Medeiros, que espalham o amor de Deus pelo Sertão.