Missão no sertão: missionários da comunidade de Junco! - AMES

1

Nossa missão de avançar com o Evangelho no sertão só é possível por causa deles, os missionários. Hoje você vai conhecer um pouco mais sobre a trajetória de Felipe Pires Ferreira e Agnes Barbosa Teles, casal que tem contribuído com os sertanejos da comunidade de Junco, em Casa Nova (Bahia), para abraçarem o amor de Deus. Leia mais!

De mãos dadas com a missão

Atuantes na comunidade baiana de Junco, Agnes e Felipe possuem muita história para contar. Desde que abraçaram a missão evangelizadora, o casal percorreu diferentes comunidades sertanejas. Ao conversar com nós, Felipe contou que o primeiro trabalho com a missão da AMES aconteceu em 2016, na viagem para Barro Branco, em Bom Jesus da Lapa, na Bahia.

“Em janeiro de 2017, nós fizemos outra viagem missionária com a AMES em Aguada Nova, em Lapão, na Bahia, onde ficamos por um tempo. Depois, passamos três meses como voluntários em Parantiga, ainda na Bahia, e, em seguida, fomos direto para Acauã, no Piauí, para participar da Escola de Missões. Hoje, nós estamos aqui na base missionária de Chapada de Avelar, em Casa Nova, na Bahia”, detalhou Felipe.

É muito emocionante ver o envolvimento dos nossos voluntários na missão de espalhar o Evangelho pelo sertão, não é mesmo?

“Nós estamos onde queríamos estar!”

É dessa forma que Felipe e Agnes respondem aos questionamentos quanto a saudades de casa e em relação a coragem de deixar familiares, amigos e uma carreira para seguir com a missão evangelizadora. “Nós não nos visualizamos fazendo outra coisa sem ser pregar a Palavra de Deus, nós amamos a missão, amamos servir e nos sentimos realizados perante de Deus e como homem e mulher”, relataram.

Felipe disse que a comunidade de Junco conta com aproximadamente 75 fieis, que comparecem frequentemente aos cultos. Em datas comemorativas, esse número chega próximo a 100 pessoas.

A intenção é aumentar ainda mais com a construção de uma nova igreja na região, que dará um impulso à missão evangelizadora “Nós temos um projeto de levantar uma igreja entre junho e julho, com ajuda da Missão Pioneira, dos Estados Unidos, que irão construí-la em cinco dias”, conta.

Missão e o testemunho de fé

Um dos testemunhos mais marcantes para Felipe aconteceu com José, um morador da região. De acordo com o missionário, o sertanejo estava se mostrando muito incomodado e com dor no peito durante um culto. Foi então que Felipe parou para conversar com ele. “Eu perguntei se podia orar por ele e ele aceitou, clamando por cura. No final, eu perguntei se ainda estava doendo e ele disse que não. Então, eu pedi para que ele levantasse os braços e ele conseguiu! Antes, ele não conseguia por causa da dor e isso me marcou muito”, relatou.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a trajetória de Felipe e Agnes? Continue acompanhando nosso blog e saiba mais sobre nossos missionários!